quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Nippon-koku

Escrito por Luís de Camões





Inda outra muita terra se te esconde,
Até que venha o tempo de mostrar-se.
Mas não deixes no mar as Ilhas onde
A Natureza quis mais afamar-se:
Esta, meia escondida, que responde
De longe à China, donde vem buscar-se,
É Japão, onde nasce a fina prata,
Que ilustrada será co'a Lei divina.

Luís de Camões («Os Lusíadas», Canto X).








Santuário de Itsukushima


Monte Fuji-san





















Xilogravura: A Grande onda de Kanagawa






Gravura Surugacho (Rua Suruga, 1856).


Castelo Kumamoto


Castelo de Ogaki Gifu


Castelo Matsumoto


Castelo Ozakajo Osaka


Castelo Himeji

















Fujiwara Tomotsune (Katana, cerca de 1660, Período Edo).






Nenhum comentário:

Postar um comentário